quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Ryukendo - As sensacionais crônicas mágicas!

Os Guerreiros Madan

Nesse ano de 2016, se completam 10 anos da estreia na TV Japonesa desse que um dos melhores tokusatsus dentre os Henshin Hero. Madan Senki Ryukendo (traduzido como "as crônicas mágicas de Ryukendo") é a primeira série tokusatsu produzida pela Takara Tomy, que posteriormente produziria Tomica Hero: Rescue Force e Tomica Hero: Rescue Fire E foi exibida em 2006 na TV Aichi no Japão, contando com 52 episódios e alcançando um grande sucesso em seu país de origem, motivo que levou a série a ser exportada pra outros países, repetindo o êxito. E dentre esses países, também está o Brasil.

As múltiplas formas de Ryukendo
A série foi a ultima dentre as séries japonesas inéditas exibida na TV aberta brasileira, alcançando uma boa audiência no canal Rede TV, onde foi reexibida algumas vezes entre 2009 e 2011. A série é bastante especial pra mim, e acredito que também foi importante pra muitos que não chegaram a acompanhar outros momentos do tokusatsu na TV aberta brasileira, tal como a gloriosa "era manchete" e momentos anteriores. A série ajudou a apresentar esse mundo de heróis japoneses a uma leva de novos fãs. Apesar disso, Ryukendo parece ter sumido de cena, e quase não vejo mais a série sendo comentada mesmo entre os fãs mais assíduos de tokusatsu. Ao que parece, as aventuras de Ryukendo, como a maioria das séries fora do eixo das séries produzidas pela  Toei Company, não tem a relevância e atenção que merece, sendo relegada a ficar um pouco de lado em relação aos Sentais, Kamen Riders e Metal Hero, por exemplo


Pôster de Madan Senki Ryukendo

De toda forma, como grande fã da série e do Tokusatsu em si, resolvi reapresentar um pouco do mundo fantástico dessas crônicas místicas, carregadas de bom humor, ação e personagens carismáticos.

O Guerreiro Místico Ryukendo

 A história da série se passa na cidade de Akebono (Akebono-cho, no original) uma cidade pequena e habitada por pessoas receptivas e calorosas, que acaba sendo alvo do ataque constante de monstros devido ao "ponto de poder" localizado em seu território. Esse tal "ponto de poder" facilita o uso de magia na Cidade, fazendo com que os monstros da Organização Yamanga (ou Jamanga, no original) usem esses poderes em seu proveito, assombrando os cidadãos da cidade para obterem "energia negativa" vinda dos sentimentos ruins dos habitantes, como o medo e a tristeza. Essa energia acumulada é convertida em poder, para que os vilões possam ressuscitar o líder da organização, um monstro poderosíssimo conhecido como o Rei Demônio Fantasma Verde, que necessita dessa energia para  obter de volta sua poderosa forma. Para combater essas criaturas, existe uma organização secreta chamada S.H.O.T (Shoot Hell Obduracy Troopers) vinculada ao governo japonês, que tem como objetivo combater os monstros e trazer de volta a paz em Akebono. Para isso, eles se utilizam do poder mágico manipulado pelos guerreiros Madan, poderosos guerreiros místicos que selaram o Fantasma Verde no passado e que agora são escolhidos novos desses guerreiros para enfrentar as ameaças de Yamanga.

Kenji Narukami se preparando pra se transformar

Kenji Narukami, o protagonista, é um jovem  que se muda para Akebono onde passa a integrar a policia da cidade. Ele é escolhido pela espada mágica Gekiryuken para se tornar Ryukendo, um guerreiro místico que combate os monstros com magia e poderes diversos liberados pelas chaves Madan, itens mágicos que "destravam" poderes para serem utilizados pelos guerreiros Madan. Kenji é um protagonista muitas vezes atrapalhado, mas dotado de uma força  de vontade  e coragem ímpares, que o tornam um guerreiro bastante valoroso. Além é claro de um grande coração, que faz com que ele esteja disposto a correr todo tipo de risco pra salvar Akebono-cho e seus habitantes. Para lutar, além da espada mágica falante Gekiryuken, ele pode utilizar as chaves Madan para invocar outras formas alternativas, que lhe dão nova aparência em sua armadura e poderes diversos baseados nos elementos Fogo, Àgua, Gelo, Trovão, etc. Kenji também pode invocar com as chaves  os chamados "Espirítos Juuou" Mechas em forma de animais, que implementam seus poderes e podem auxilia-lo na forma de veículos também.

O detetive "Dom" Fudou

Além de Narukami, existem outros dois guerreiros Madan, que também utilizam os poderes das chaves. Sendo eles: Juushirou Fudou, o RyuGan'o, segundo guerreiro Madan e primeiro deles a lutar pela S.H.O.T. Fudou é um detetive de Akebono, escolhido pela arma Goryugun (que tem as mesmas propriedades mágicas da Gekiryuken) e também se transforma num guerreiro Madan, Diferente de Ryukendo, seu foco são em armas de fogo e não espadas, tornando-o um exímio atirador. Fudou é um policial dedicado e responsável, motivo que o leva a aparentar ser mais velho do que realmente é. Kenji costuma se referir a ele como "Ossan" (Velho) coisa que ele odeia. Isso inclusive gerou uma certa confusão na dublagem brasileira, já que na dublagem em espanhol (de onde veio a fonte do áudio brasileiro) Kenji se refere a Fudou como "Dom" que também é uma maneira de se chamar de velho. Por esse motivo, inúmeras vezes durante a série, na dublagem nacional, ele é referido por Kenji e outros personagens como "Dom Fudou".

O atirador Ryugan'o

Por ultimo, existe o terceiro Guerreiro: Koichi Shiranami, o Ryuyin'o! que tem sua primeira aparição muitos episódios depois do inicio da série. Koichi surge como um guerreiro misterioso, que mesmo sendo inimigo da S.H.O.T, também combate os monstros de Yamanga. Tem uma personalidade fria e arrogante, motivo que o leva a ter atritos com os outros protagonistas da trama. Assim como Kenji e Fudou, ele possui uma arma mágica falante, o divertido Zanryuyin,  que pode ter a forma de uma espécie de bastão com lâminas nas pontas e mudar pra forma de um arco. Ryuyin'o tem como principal habilidade sua incrível velocidade, que incrementada com sua dinâmica arma, gera furiosos e quase indefensáveis golpes. Andarilho, esse anti-herói se estabelece em Akebono e deseja reunir chaves Madan para se tornar mais forte e realizar uma antiga vingança.
O Sombrio Koichi Shiranami

O time de vilões também é carismático e bem diversificado. Monstros cruéis de planos criativos e ardilosos, mas ao mesmo tempo cheios de personalidade, o que os torna bem atraentes ao público. Além dos servos (no original chamados de "Tsukaima"), monstros mais fracos que aparecem pra atrasar a vida dos heróis e que são bem engraçados e desengonçados, existem também os monstros mais fortes: os generais da Yamanga. São eles: o Dr. Worm, um inseto humanoide, que usa os poderes das chaves Madan para criar monstros e reunir energia negativa. É conhecido por invocar hordas dos soldadinhos Tsukaima e por usar magias recitando o mantra "Belekê! Belekê!". O gigante de pedra Rock Crimson, melhor amigo do Dr. Worm,  que tem como principal arma sua força bruta e o canhão que usa em seu ombro. Também tem a habilidade de se regenerar, e se transforma em uma bola de pedra que ataca todos em seu caminho, caso seja provocado e chamado de "idiota". nota-se que não é um vilão muito inteligente. Yackmoon (Jackmoon, no original) é um monstro espadachim, com inúmeros poderes. Diferente dos outros generais, Yackmoon tem seu próprio código de honra, e luta sempre sobre essas regras. Despreza golpes sujos e covardes, e valoriza apenas os lutadores mais fortes. Tem Ryukendo como seu principal rival.

O guerreiro veloz Ryuyin' o


A Yamanga conta ainda com a bela e ardilosa Lady Gold, uma vilã especializada em poderes de manipulação.  Ela  se utiliza de ilusões, hipnose e pesadelos para controlar os sentimentos humanos, podendo inclusive assumir a forma de uma bela mulher. Ela ainda possui três guarda costas femininas, Ganymede, Europa e Phobos, servas Tsukaima um pouco mais fortes que os outros servos comuns, que lutam ao seu lado. O ultimo general da Yamanga é o cruel Conde Bloody, um ciborgue sádico que usa tecnologia e magia para criar robôs para destruir os heróis. foi responsável por uma tragédia grande na vida de Ryuyin'o, motivo que o torna seu inimigo mortal. Por fim, o Rei Demônio Fantasma Verde, um poderoso e quase invencível monstro. Derrotado pelos antigos guerreiros Madan, ficou preso na forma de casulo, necessitando de uma grande quantidade de energia negativa pra voltar a sua forma original.

Generais da Yamanga respectivamente: Lady Gold e Yackmoon (acima)
e Rock Crimson e Conde Bloody (abaixo)

Além do núcleo de heróis e vilões, a série conta ainda com um grande time de personagens secundários, todos muito carismáticos e diferentes.  Algo que eu diria que é até inovador frente aos Tokusatsus convencionais, é o fato desses personagens  terem um espaço especial nas tramas dos episódios, e interagir de maneira bem equilibrada com os protagonistas, ganhando uma boa visibilidade e importância. Como o núcleo é bem grande, vou citar apenas os coadjuvantes mais notórios. Integrando a equipe da S.H.O.T,  temos além dos guerreiros Madan, a equipe de apoio que conta com o comandante Amachi, chefe da organização que comanda as missões dos heróis. Kiichi Setoyama, um técnico responsável por analisar as chaves Madan e no desenvolvimento de novos apetrechos pros combates e missões.

Ryukendo em sua forma Raio e Yackmoon


Lin Sakyou, secretaria e operadora da S.H.O.T, que tem uma relação com Kenji recheada de brigas. uma garota de personalidade forte, que demonstra ser apaixonada por Kenji, mas é confusa em seus sentimentos, o que a impede de se declarar. Professor Mikuriya, é um cientista ligado ao ministério da defesa Japonês, que aparece em momentos de emergência para auxiliar Kiichi e a S.H.O.T. Kaori Nose, uma florista da cidade, do qual Kenji demonstra interesse amoroso desde o inicio da série. Apesar disso, a sensível florista acaba tendo uma relação mais intima com Shiranami, sendo uma das poucas pessoas a conquistar seu carinho, apesar da personalidade fria e solitária do guerreiro.


A agente da S.H.O.T,  Lin Sakyou

Ichiko e Ritsuko, duas atrapalhadas policiais, que protagonizam alguns dos momentos mais engraçados na série, e que são uma das poucas personagens secundárias a encarar os monstros mais fortes. Se utilizam de armamentos pesados com rifles e bazucas. Melhores amigas, formam uma dupla inseparável na história, admiradas por seu amor a profissão e pontaria perfeita. Por fim, Komachi Kurihara, uma fantasma que aparece  na delegacia da policia de Akebono. Ela era uma bela e jovem policial que morreu em serviço, passando a aparecer na delegacia de Akebono, para encorajar e orientar Kenji, que é o único que pode vê-la.

A florista Kaori Nose
Outros personagens memoráveis que merecem ser citados são Gekiryuken, Goryugun e ZanRyuyin, os itens mágicos falantes e parceiros dos heróis, que se convertem em outras formas e também protagonizam momentos divertidos em sua relação com seus parceiros. Destaque também para Umi Saionji, a noiva prometida de Kenji e sua treinadora de espada que volta e meia aparece em Akebono para e orientar Kenji, e supervisionar seu treinamento. Ela bem como Komachi, incentiva Rin a se aproximar de Ryukendo, para que ela aceite seus sentimentos pelo herói.

As policiais Ritsuko e Ichiko

Ryukendo é uma série que se destaca pelos episódios bem escritos, e uma trama rica em detalhes,. Detalhes esses que incrementam muito bem a história e boa dose de aventura. Diferente de muitas séries similares, aquela impressão de episódios "perdidos" que estão ali pra "encher linguiça" não existe. todas as fases da série são bem encaixadas, tendo um começo, meio e fim bem coeso. Apesar de momentos mais dramáticos, o humor é o ponto chave aqui. Não se trata de um humor forçado ou até "pastelão", mas um humor simples, de situações rotineiras que te pega de surpresa e te faz rir naturalmente. É o tipo de humor leve, que atrai o público e equilibra os momentos de maior tensão. Da pra sentir uma boa dose de paródia, desde paródia aos tokusatsus em geral e até aos próprios personagens, o que faz a série ser ainda mais divertida de assistir. Até mesmo alguns monstros são criados para serem escrachados ao extremo! mas sem parecerem tão ridículos, podendo criar monstros ameaçadores mas que ao mesmo tempo participam de momentos cômicos. Existe uma quebra de padrões, que faz o humor vir de onde menos se espera, o que também é um ponto forte. Pra quem gosta de séries que usam elementos conhecidos e nostálgicos de  tokus mais antigos, também vai se identificar com a história, podendo pescar algumas referências aqui e ali.

O esquisitíssimo general da Yamanga, Dr. Worm

As situações engraçadas desenvolvem cada vez mais carisma nos personagens, em especial dos habitantes da simpática cidade de Akebono, que é  onde toda a trama se passa. É possível conhecer os habitantes da cidade, e alguns deles acabam se tornando parte do plano de fundo de uma maneira, que até mesmo quem assiste sente vontade de proteger o lugar! O sucesso da série ainda garantiu alguns episódios especiais como um que é protagonizado por Fudou, contando sua origem e outro bem humorado com uma competição de tabuleiro protagonizada pelos vilões da Yamanga. No geral, é uma série que tem tudo pra agradar os fãs de Tokusatsus. Mesmo os que gostam de uma série mais séria, que podem se simpatizar com as aventuras dos guerreiros Madan, que também tem muitos momentos emocionantes e dramáticos.

Os servos  da Yamanga, os Tsukaima!

Como ja foi dito, a série tem muito foco no humor e até na auto paródia, o que faz que quem gosta de séries mais dramáticas e melancólicas possa não simpatizar de primeira. Pode-se sentir uma leve influencia de outros Tokus conhecidos, pelo fato dos heróis usarem uma variedade de chaves que lhes dão formas e ataques diferentes, de maneira que é possível ver similaridades com séries como Kamen Rider Ryuki (que no caso, ao invés de usar chaves, usa cartas). Elementos que apesar de enriquecer a história, não tiram o espaço da originalidade da saga. Outro ponto bacana é a trilha sonora, que gruda fácil na cabeça, com temas musicais bem legais, e com cantores conhecidos no meio J-pop. Os atores também interpretam muito bem seus papeis, e mesmo a Dublagem brasileira, apesar de um ou outro deslize, é muito bem feita e pode-se acompanhar as histórias com o áudio em português sem problema.

As poderosas chaves Madan


De tudo, concluo que é um dos melhores Tokus que já assisti, principalmente pelo fato de ser bem despretensioso, com uma história leve e engraçada, mas que também tem picos de drama, ação e principalmente um enredo bem escrito e coeso. Tipo de história que apesar de não ter tanta seriedade e dramas complexos, não é maçante, e pode-se assistir rapidamente os episódios sem se notar. O final da série em especial, foi um momento crucial pra mim pois foi possível se criar um vinculo e um carinho tão especial pelos personagens e com a história que é impossível não encher os olhos de lágrimas, dado o rumo que a história toma, e como se encerra de maneira tão ideal.

Uma das formas dos guerreiros Madan!


Assistiu? Gostou? deixe seu comentário. Ainda não assistiu? então, dê uma chance pra mágica dos guerreiros Madan envolver você também!

Os três Heróis!




Nenhum comentário:

Postar um comentário